Dicionário Bariátrico
+


O glossário a seguir pode ajudá-lo a entender melhor a literatura sobre cirurgia bariátrica.

·         Absorção – processo pelo qual os alimentos são digeridos e absorvidos pelo intestino até a corrente sanguínea.

·         Anastomose – Conexão cirúrgica entre duas estruturas.

·         Bariátrica – Pertinente a obesidade ou perda de peso.

·         IMC - Índice de Massa Corpórea – Método de calcular o excesso de peso, baseado no peso e altura.

·         Cardiovascular - Pertinente a coração e vasos sanguíneos.
Obesidade Severa - Índice de Massa Corpórea de 40 ou maior, também chamada de obesidade mórbida.

·         Duodeno – Primeira porção do intestino fino, imediatamente abaixo do estômago. Bile e sucos pancreáticos drenam para o duodeno através de ductos do fígado e pâncreas respectivamente.

·         Bypass gástrico – Cirurgia projetada para deixar uma parte do estômago não funcional ou exclusa.

·         Gastrointestinal - Pertinente ao estômago e intestino.

·         Comorbidade – Doenças associadas à obesidade, causadas ou pioradas por ela (ex. Hipertensão arterial, diabetes mellitus, artropatias).

·         Cólon – Intestino grosso que começa no final do intestino fino e termina no reto

·         Contra-indicações – Qualquer sintoma ou circunstância que impeça determinado tratamento (alcoolismo; dependência de drogas, depressão severa; distúrbios de personalidade).

·         Digestão – Processo no qual os alimentos são “quebrados” no estômago e intestino facilitando a absorção.

·         Dilatação – Processo de alargamento de uma passagem estreita (como por exemplo uma emenda intestinal)

·         Síndrome de Dumping – Desconfortável sensação de náuseas, sudorese, tontura, diarreia associado à ingesta de doces, líquidos com alto teor calórico ou produtos derivados do leite.

·         Gástrico - Pertinente ao estômago.

·         Anastomose gastrojejunal – Conexão entre o estômago e o intestino por onde passa o alimento.

·         Gastroplastia - Operação para obesidade mórbida na qual é realizado uma “plástica” no estômago, com grampeamentos e redução de seu tamanho.

·         Hérnia - Uma fraqueza na parede abdominal onde surge uma protuberância.

·         Herniação – Processo no qual a hérnia se forma.

·         Hiperosmolaridade – substâncias com alta concentração capazes de provocar a síndrome de dumping.

·         Hipertensão - Pressão arterial alta.

·         Íleo – Parte final do intestino fino, um dos responsável pela absorção alimentar.

·         Jejuno – Parte proximal do intestino fino; responsável por uma parte da digestão do alimento.

·         Laparoscopia – Método de visualização através de instrumentos de fibras óticas, muito utilizado em cirurgias abdominais.

·         Mórbido – Pertinente à mortex

·       Multidisciplinar – Equipe responsável pela avaliação, tratamento e acompanhamento dos pacientes obesos mórbidos; que incluem cirurgiões, clínicos, psiquiatras, psicólogos, nutricionistas e fisioterapeutas.

·      Obesidade - Pertinente ao excesso de tecido adiposo no organismo.

·         Obstrução – Estreitamento de uma anastomose ou segmento de intestino que impede a passagem normal do alimento ou conteúdo intestinal.

·         Bypass Gastrico Roux-em-Y – Um método cirúrgico em que reduz o tamanho do estômago que recebe o alimento deixando uma parte exclusa sendo conectado ao intestino fino reduzindo também uma parte do intestino que absorverá o alimento (também conhecida como operação de Capela)

·         Stapler - Aparelhos cirúrgicos estéreis utilizados para conectar tecidos realizando grampeamentos com separação ou anastomoses dos mesmos. Os Grampos são permanentes e feitos de titânio não causando reação ao organismo. ( são os chamados de Grampeadores).

 Estenose – Estreitamento da passagem através de uma anastomose ou emenda do intestino, geralmente associado a úlceras.

PARCEIROS